cicaf

*

Você está aqui: HomeNotíciasEscola de formação política de lideranças
Erro
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 49
Publicado em Notícias
Postado por  03 Setembro 2018
Escola de formação política de lideranças

Há uma ESPERANÇA no ar!

A Escola de Formação Política de Lideranças em Rondonópolis/MT foi criada em 2016, com o objetivo de formar lideranças para os diversos movimentos sociais e populares. Neste final de semana, 01-02 de setembro, aconteceu mais uma etapa da Escola de Formação, e nesta o tema foi: JUVENTUDES NO MEIO SOCIAL.

 

A professora Carmem Lucia Sussel Mariano, do departamento de Psicologia da UFMT, foi quem contribuiu com o grupo, trazendo elementos essenciais para a compreensão de nossas juventudes. Entre eles destacaram:

- Encontra-se adultos com a tentação de olhar para os/as jovens com os olhos do passado;

- O engajamento social e político das juventudes hoje, não é o mesmo dos anos 70/80, mas continua existindo. A ocupação das escolas foi um exemplo disso e usaram de uma estratégia de mobilização a seu modo, inclusive com rotatividade de lideranças;

- É uma geração que nasceu na era digital. As mídias digitais mudaram os modos de se relacionar, hoje não tanto presencial, mas com uma amplitude de relações em múltiplas nações;

- Tende-se a achar que hoje tudo é muito fácil para os jovens. Ao contrário, é tudo muito difícil, há um padrão e uma cobrança na sociedade capitalista muito forte que é preciso dar conta:  garantir o emprego, ter sucesso, físico “bonito” e malhado... E quando isso não é integrado de uma tranquila em sua vida, vem a depressão, a intolerância, o consumismo e etc.;

- É apavorante a cultura da imagem imposta nas mídias como forma de autoafirmação. Exemplo disso são as inúmeras selfs tiradas para ver quantas curtidas terá a sua foto;

- Os adultos tendem a exercer o “adulto centrismo”.  Ele é quem sabe. “eu sei, já passei por isso...”.   Deixa-se de escutar o jovem, visto que se sabe tudo;

- Há uma nova sensibilidade em nossos jovens, continuam sendo portadores de grandes sonhos e utopias, apenas precisam de ajuda para descobri-los.

 

Esses e tantos outros assuntos fizeram parte de toda a discussão do dia primeiro de setembro. No segundo dia, houve uma tentativa de aproximação aos jovens, onde, numa grande Roda de Conversa, se trouxe presente os elementos acima e outros mais e, cada participante teve a oportunidade de expressar o seu modo de ver a política, o mundo, a religião, a educação, a família, a sociedade, etc.  Concluiu-se a manhã e essa etapa da Escola de Formação com algumas indicativas de ações concretas de aproximação das juventudes nos movimentos populares.

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Irmã Neusa Gripa - Da equipe de coordenação da Escola de Formação de Lideranças

Comentários  

#1 Etelvina Valentini 13-09-2018 17:18
Muito bom bom trabalhar isso. Sim em outras décadas era diferente. Agora mudou muito e temos que resgatar um jeito de ver os valores hoje dos jovens e pessoas. Beleza. Já o jeito de parar foi muito bom. Aos poucos vai tendo uma caminhada. Parabéns. Temos que ser persistentes.Me u abraço.

Adicionar comentário


 

Direção
Isabel do Rocio Kuss

Ana Pereira Macedo

Arte: Lenita Gripa

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas
Rua Des. Nelson Nunes Guimarães, 346
 Bairro Atiradores - Joinville / SC – Brasil
Fone: (47) 3422 4865