cicaf

*

Você está aqui: HomeNotíciasVivência do Carisma na periferia Urbana!
Publicado em Notícias
Postado por  Sede Geral - Ana 03 Outubro 2018
Vivência do Carisma na periferia Urbana!

É nossa missão ser luz para o mundo, ser como o sal que dá o sabor. Sendo missionárias da Paz e do Bem, levando a todos a mensagem do amor!

O mês de outubro é dedicado às missões e ao reavivamento de nosso espírito missionário. Missão é inovar, é recriar na pessoa humana do missionário, da missionária, analisando a sua maneira de atuar e decidir, o seu ser missionário. Assim é a nossa dinâmica como irmã catequista franciscana inserida na periferia de uma grande, em realidades desafiadoras, atuando em espaços de lutas em defesa das vidas e vidas fragilizadas. Lembramos com alegria e gratidão a resposta corajosa dada pelas nossas Primeiras Irmãs Amábile, Maria e Liduína: “Um ano não, mas para sempre”. Isso é Ser Missionária! Isso é Missão! Isso é impulso profético! Isso é salvar vidas por meio do serviço na educação! Presença atuante nas comunidades, testemunho para as outras que seguem o mesmo caminho. Hoje, somos desafiadas a viver o nosso sim, partilhando nossas vidas, junto ao povo simples e sofrido que vive nas margens das cidades.

 

Vejo e sinto algumas características que marcam nosso modo de ser missionárias, como irmãs catequistas franciscanas:

1.     A resposta ao Chamado de Deus - Chamado que responde ao clamor dos necessitados. “Os pequeninos pediram pão”;

2.     Mulheres de Deus, portadoras do Espírito. Mulheres que manifestaram a Trindade, a mensagem profética, possuem o sinal escatológico, testemunho evangélico;

3.     Vivência em Irmandade - Lugar indispensável e específico para a formação do ser consagrada e da missão. Na irmandade temos como guia que reúne e convoca, a Palavra de Deus, Luz que ilumina o caminho para o qual devemos seguir;

4.     Atentas aos “sinais dos tempos” - Mantém o exercício pela paixão que nasce de Deus, da amizade com Ele, a escuta diária pela Palavra Viva, o diálogo da oração e o testemunho proclamado com a vida;

5.     Missão: Ser Irmãs do Povo - Ser missionária é dedicar a própria vocação com dinamismo, sob a ação do Espírito Santo, marcada com sinal da simplicidade, alegria e disponibilidade;

6.     A Igreja reconhece a Vida Religiosa Consagrada. - A VC é chamada à santidade no cotidiano. Neste caminho, nós cultivamos a espiritualidade fransciclariana que se expressa na vivência da minoridade, da fraternidade, da contemplação, da verdadeira alegria e da missionariedade.

 

Nós, irmãs catequistas franciscanas, possuímos essas marcas como sinais da natureza do ministério de salvação iniciado por Jesus, nosso Salvador. Para manter e continuar o nosso vigor missionário é necessário:

1.     Assumir um estado de permanência do amadurecimento;

2.     Aprender a valorizar corretamente o tempo expresso no Krono e no kairós;

3.     Calar-se, escutar-se, dizer-se, amar-se...

4.     Cultivar a espiritualidade bíblico-francisclariana;

 

Partilho um acróstico com as qualidades da mulher missionária que percebo na irmã catequista franciscana:

M – Motivadora

I  – Inovadora

S – Sensível

S – Sincera

I – Inteligente

O – Otimista

N – Notável

A – Amorosa

R – Responsável 

I – Inspiradora

A – Atualizada

 

Na missão evangelizadora procuramos traduzir de maneira viva e atual a atitude apostólica de Francisco de Assis (CCGG 28) e a vivemos com alegria, pois “somos enviadas a colocar-nos a serviço da vida, para que as pessoas possam reconquistas a própria dignidade”.

 

Atualmente estou inserida na realidade urbana da periferia de Manaus/AM, na Área Missionária São Lucas, Arquidiocese de Manaus. A Área Missionária pertence ao Setor 09, Padre Pedro Vignólia e é composta por oito comunidades:  São João, Rainha da Paz, Santa Clara, São Paulo, Sagrada Família, Sagrado Coração, Jesus Cristo Operário e Nossa Senhora do Carmo. Temos em ação 14 pastorais, sendo que, em algumas comunidades são mais avançadas que em outras. A formação dos agentes de pastorais nas comunidades contou com a presença e contribuição das irmãs catequistas franciscanas desde o ano de 1995. São 23 anos de presença nesta terra de missão.

 

Essa é uma realidade de periferia urbana marcada por muitos desafios:

1.     A influencia social, econômica e política no seio familiar, o desemprego;

2.     Desânimo, falta de motivação de alguns agentes de pastorais gerando o afastamento das atividades na comunidade;

3.     Processo de evangelização, uma Igreja em saída (Papa Francisco), a juventude e catequese;

4.     Intensificar a formação de leigos e leigas para serem “sal e luz” nesta sociedade fortemente marcada pelo capitalismo (individualismo, consumismo, falta de compromisso e fidelidade ao Evangelho), pela era digital onde a comunicação e as relações vão se tornando mais virtuais.

 

No meio de um movimento acelerado e “barulhento”, próprio da realidade da periferia urbana, nós ouvimos os clamores do povo:

1.     Por um Projeto de Evangelização – com forte expansão do IVC (Iniciação à Vida Cristã), a continuidade da Semana Missionária e reavivar a pastoral da criança em algumas comunidades;

2.     Formações em nível de área, tais como, retiros, encontros de reflexão favorece a unidade entre as comunidades.

 

Como irmãs do povo, nós procuramos estar atentas ao clamor da realidade. Em nossa ação apostólica queremos estar em comunhão com a Igreja e, em atitude de discernimento, assumir as tarefas que melhor atendam às exigências da realidade (CCGG 36) e aqui, na Área Missionária São Lucas, atualmente, assumi contribuir no processo de evangelização na assessoria em nível de área missionária (animação das pastorais, retiros, preparação de encontros, organização e acompanhamento às comunidades -CPC.

 

Contemplando nossa missão, mesmo diante dos desafios do contexto real, eu digo: Vale apena Ser Irmã Catequista Franciscana, missionária nesta região.

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Irmã Cristina Auxiliadora Arruda Vieira

Adicionar comentário


 

Direção:
Isabel do Rocio Kuss

Ana Pereira Macedo

 Ivonete Gardini

Arte: Lenita Gripa

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas
Rua Des. Nelson Nunes Guimarães, 346
 Bairro Atiradores - Joinville / SC – Brasil
Fone: (47) 3422 4865