cicaf

*

Você está aqui: HomeNotíciasHá muitos rostos de Clara e Francisco...
Publicado em Notícias
Postado por  Província Imaculado Coração de Maria 03 Junho 2019
Há muitos rostos de Clara e Francisco...

Há muitos rostos de Clara e Francisco...Há uma fonte inesgotável na espiritualidade Francisclariana!

Paz e Bem a todas e todos! Meu nome é Márcio, sou simpatizante do Carisma das Irmãs Catequistas Franciscanas, vivo em São Paulo.

Com intensa alegria eu pude fazer uma experiência que muito desejei desde que soube da possibilidade: um tempo de convivência com as irmãs, simpatizantes e o povo, na realidade amazônica de nosso país.

E assim fui acolhido, como simpatizante do carisma das Irmãs Catequista Franciscanas, pela Província Amábile Avosani – PAMA nos dias 06 a 24 de maio deste ano para viver um tempo novo em minha vida.

Na chegada, muita apreensão e um pouquinho de medo frente ao desconhecido e à diversidade que me saltava aos olhos e ao coração.

A experiência se dividiu em duas etapas. Na primeira, pude viver um pouco a realidade de alguns povos indígenas com a ajuda imprescindível e cuidadosa para comigo que foi prestada pela Irmã Laura Vicuña Pereira Manso. Quanta coisa linda na realidade dos irmãos e irmãs desses povos tão desconhecidos por nós e tão ignorados na realidade urbana onde vivo. Nas rodas de conversa algumas aflições, alguns sonhos e muita potência dessa gente boa e generosa. Fiquei muito impressionado!

A segunda etapa da experiência eu pude viver junto à Fraternidade de Assis Brasil, no Acre. Fui acolhido e amei poder conviver com as Irmãs Clarice Berri, Miriam Spézia e com a simpatizante Ana Cristina.

Assis Brasil se apresentou para mim como outra diversidade de desafios e de encontros. Marcada pela realidade de uma tríplice fronteira (Brasil, Bolívia e Peru), pude viver a convivência com os moradores locais, saber um pouco da realidade dos migrantes, dos povos ribeirinhos e dos colonos agrícolas.

Nossa! Como me fez bem os dias de troca, de escuta e de celebração nesta realidade. Confesso que a densidade do vivido imprimiu uma marca em minha alma. Foi difícil desapegar e voltar para a minha realidade em São Paulo.

Nunca tinha vivido experiências tão ricas e profundas. De forma prática eu pude perceber que convivência é um grande eixo da espiritualidade francisclariana. Ela é fonte de muitas aprendizagens e capaz de produzir mudanças significativas. Assim foi para mim.

Quero agradecer muito as Irmãs Catequistas Franciscanas que me proporcionaram essa oportunidade, de modo especial às irmãs da PAMA, principalmente das duas fraternidades (Porto Velho e Assis Brasil) que me acolheram para esse tempo de Graça em minha vida. Agradeço também as irmãs Adriana Inês Nones, Enedir Rosa Côrrea, Tereza Valler, Rosali Ines Paloschi, Armide Tomelin e Perciliana Santana, que me orientam no percurso como simpatizante e muito me ajudaram na construção desse projeto de convivência.

Quero ainda, recomendar aos muitos simpatizantes do Carisma das Irmãs que se abram a essas experiências de convivência em diferentes contextos. As irmãs estão presentes em tantas frentes que eu tenho certeza, será difícil não nos enriquecermos a cada experiência vivida.

Termino reescrevendo a meu modo uma máxima de Dom Helder Câmara: Feliz daquele que descobre que é preciso se perder muito para se encontrar. Essa experiência foi um reencontro para mim. Uma produção de novos sentidos...Paz e Bem!

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Márcio Dionizio Inácio – Simpatizante

Comentários  

#10 Marilete 12-06-2019 17:22
Parabéns Marcio!Gostei de acompanhar a sua bela experiência, na Província da PAMA. A vida segue. JUNTOS SOMOS MAIS. Abraços.
#9 Marilete 12-06-2019 14:04
Valeu. Muito lindo.
#8 Romilda Graciosa Weinrich 08-06-2019 09:21
Oi, Márcio! Obrigada pela partilha dessa rica experiência de convivência, lá no começo do Brasil! Vamos rezá-la com muito carinho aqui na fraternidade da Casa Mãe, em Rodeio.
Não dá pra esconder que você ressuscitou muitas emoções vividas em Rondônia durante toda a década de 80. De verdade, toda a Amazônia é uma rica fonte de aprendizado e de fortalecimento da vocação e do coração.
Um grande abraço!
#7 Maria de Jesus Moraes 06-06-2019 14:28
Caro simpatizante Márcio Dionizio! Felizes os que vêem, ouvem e descem ao encontro do desconhecido. Você é mais um colorido no tecido da teia de missão que desenvolvemos. Continue sendo um conosco e usando sua rede de pescador para trazer mais gente que como você se dispõe a conhecer estas realidades distantes e desconhecidas dos centros urbanos como menciona você, mas ao mesmo tempo tão ricas e cativantes a ponto de quando nos aproximamos desejarmos estar sempre juntos no mutirão pela vida. que a Deusa-Mãe lhe conceda muito ardor missionário para nas trilhas dos caminhos sempre recriar o novo de que a vida necessita. Agradecemos sua partilha inspiradora e instigadora.
#6 Maria Elizabeth Resende de Carvalho 04-06-2019 14:00
Que rica experiência e que relato que nos emociona! O Projeto Convivência é um eixo importante na caminhada dos simpatizantes na vivência do Carisma.
. Gratidão às Irmas que acreditam e estimulam essa partilha, abrindo portas a novas possibilidades. Todas nós aprendemos muito em favor da Vida, ao construirmos novas trilhas e caminhos na inesgotável vivência da espiritualidade francisclariana !.
Abraços a todas/os!
#5 Maria de Jesus Moraes 04-06-2019 10:28
Caro Marcio, felizes os que vêem, ouvem e descem para conhecer e degustar novas experiências. Alegrei-me com sua narrativa. Ela faz com que a gente chegue novamente lá onde estão os desafios e clamores tão desconhecidos e ignorados pelo meio urbano, de modo particular pelas elites. Parabéns pela partilha lá e cá incentivando-no s a sermos cada dia mais povo, mais vida, mais acolhida, enfim tudo o que de melhor formos capazes de dispensar para com os seres humanos.
#4 Ana Lúcia Corbani 03-06-2019 23:14
Me emocionei ao ler a narrativa da experiência vivida por nosso simpatizante Márcio!
A Divina Sabedoria nos conserve nesta dinâmica do encontro capaz de encantar homens e mulheres que tem sede de Deus, sede do novo, sede de partilha, de convivência, de uma espiritualidade libertadora! Parabéns, Márcio, por sua abertura e disponibilidade ! Que testemunho bonito, queridas irmãs da PAMA! E que ousadia as irmãs da PICM em provocar simpatizantes para sair em missão!
#3 Clarice Berri 03-06-2019 19:28
Nossa, Márcio
A alegria foi nossa em poder usufruir de sua presença e doação em nosso meio. Nós e o povo agradecemos pela marca tão positiva e rica deixada.
Aguardamos uma próxima oportunidade para as proveitosas rodas de conversa com mais lideranças da

zona Ru. Nosso grande abraço de gratidão e carinho
6pzona rural zona rural.
#2 Najila 03-06-2019 18:37
Paz e Bem! Foi um prazer te conhecer em Assis Brasil.
Fica o convite para nos visitar aquí no Peru.
Obrigada por essa linda partilha.
#1 Lucia Gianesini 03-06-2019 17:53
Celebramos com você, Márcio, a linda experiência vivenciada em Rondônia e Acre, no mês de maio.
Queremos entrar nesse movimento de escuta e aprendizagem, entre os empobrecidos, como Clara e Francisco de Assis!
A Divina Fonte nos inspire a prosseguir com novo ânimo, pelos caminhos, recriando novos trajetos em favor da VIDA!
Obrigada por sua coragem itinerante e fraterna!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

 

Direção
Isabel do Rocio Kuss

Ana Cláudia de Carvalho Rocha

Marlene dos Santos

Rosali Ines Paloschi

Arte: Lenita Gripa

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas
Rua Des. Nelson Nunes Guimarães, 346
 Bairro Atiradores - Joinville / SC – Brasil
Fone: (47) 3422 4865