pg incial 2018

cicaf

*

Você está aqui: HomeNotíciasAmados/as e Chamados/as
Publicado em Notícias
Postado por  Sede Geral - Ana Cláudia Rocha 01 Agosto 2020
Amados/as e Chamados/as

 

"És precioso/a ao meus olhos... Eu te amo"  

Is 43,4

Há muitos anos, a Igreja no Brasil celebra, em agosto, o mês vocacional. É um momento significativo para avançarmos na criação de uma cultura vocacional. Refletir sobre vocação é valorizar algo essencial à realização humana. Quem encontrou sua vocação, encontrou seu lugar no mundo, encontrou o sentido e a razão de viver.

Por muito tempo, ao ouvirmos a palavra vocação, pensávamos na pessoa chamada à vida presbiteral ou à vida religiosa consagrada. Hoje, entendemos que a primeira vocação, o primeiro chamado ao qual respondemos, é o chamado à vida. O Papa Paulo VI, na encíclica Populorum Progressio, diz “Toda a vida é vocação” (PP15).

Somos também chamadas/os a assumir o estilo de vida de Jesus Cristo. É a vocação à vida cristã, que assumimos a partir do Batismo. Dentro da vocação à vida cristã, surgem então, as vocações específicas: o ministério ordenado, a vida religiosa consagrada, a vida familiar ou o matrimônio e os ministérios não ordenados.

Amados e Chamados por Deus é o tema do mês vocacional desse ano e o lema “És precioso aos meus olhos... Eu te amo” (Is 43,4). Foram escolhidos com  base na Exortação Apostólica Pós Sinodal “Cristo Vive”, mais precisamente no número 112 Antes de tudo, quero dizer a cada um a primeira verdade: “Deus te ama”. Se já o escutaste não importa, quero te lembrar: Deus te ama. Nunca duvides, apesar do que te aconteça na vida. Em qualquer circunstância, és infinitamente amado”.

Fomos chamadas/os à vida por Deus, que nos ama infinita e incondicionalmente. Experimentar e cultivar esse amor dá sentido à nossa existência. Como é urgente nesse tempo que vivemos, marcado pela desvalorização da vida e falta de sentido de viver, anunciar essa boa nova a todas as pessoas e especialmente às juventudes: “ Você é uma filha amada de Deus; você é um filho amado de Deus”. Quem se experimenta verdadeiramente amada, amado, é capaz de amar e doar-se. Na doação, no sair de si, no serviço aos outros, a vida ganha sentido e a vocação específica acontece dentro dessa dinâmica.

Hoje, primeiro domingo do mês de agosto, é lembrada de modo especial a vocação ao ministério ordenado (diáconos, padres e bispos). Aos ministros ordenados compete o serviço de animar e coordenar a Igreja em sua missão. Cabe a eles zelar pela unidade entre os diversos serviços e ministérios, que o Espírito suscita na Comunidade Eclesial. Do ministro ordenado na Igreja, pede-se em primeiro lugar, o amor. “Simão, filho de João, você me ama mais do que estes outros? Pedro respondeu: “Sim, Senhor, tu sabes que te amo”. Jesus disse: “Apascenta minhas ovelhas” (Jo 21,15).  Só o amor possibilita ao ministro ordenado ter com o povo a ele confiado aquela proximidade, que permite que “seja pastor com cheiro de ovelha”. Só o amor possibilita um exercício sadio da autoridade e evita o clericalismo tão prejudicial ao conjunto da Igreja.

Peçamos ao Senhor da Messe que envie ministros com o coração semelhante ao do Mestre Jesus!

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Irmã Ana Cláudia Rocha

Comentários  

#1 venturicarmenbr@gmail.com 01-08-2020 10:54
Obrigada Ana Cláudia❣ Profundo e pertinente

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

 

Direção
Isabel do Rocio Kuss

Ana Cláudia de Carvalho Rocha

Marlene dos Santos

Rosali Ines Paloschi

Arte: Lenita Gripa

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas
Rua Des. Nelson Nunes Guimarães, 346
 Bairro Atiradores - Joinville / SC – Brasil
Fone: (47) 3422 4865