pg incial 2018

cicaf

*

Você está aqui: HomeNotícias01/09 - Dia de Oração pelo Cuidado da Criação”
Publicado em Notícias
Postado por  Sede Geral - Isabel do Rocio 31 Agosto 2020
01/09 - Dia de Oração pelo Cuidado da Criação”

 

“E Deus viu, que tudo era muito bom”!

 

“Viver a vocação de guardiães da obra de Deus não é algo opcional nem um aspecto secundário da experiência cristã, mas parte essencial de uma existência virtuosa’’(LS 217).

O dia primeiro de setembro foi indicado pelo Papa Francisco como “Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação”, nossa Casa Comum, este bem precioso que nos sustenta e do qual somos guardiãs/guardiães. Neste dia somos convidados/as a refletir sobre nossa postura e nossas ações de cuidado e reverência com a mãe terra, repensar nosso estilo de vida e somar força com todas as pessoas e grupos que assumem como missão a guarda, a preservação e o zelo pela Casa Comum.

Como cristãs e cristãos queremos oferecer a nossa contribuição para a superação da crise ecológica crescente, provocada pelo sistema capitalista que gera a cultura do descarte e reforça uma sociedade líquida marcada por injustiças, desigualdade social, concentração de poder e riqueza e que promove competição, individualismo e morte de tantas pessoas e da natureza.

Para romper com esta cadeia de depredação e envenenamento da criação, precisamos reaprender a cuidar da criação com as nossas atitudes, como nos aponta o Papa Francisco: Viver a gratidão e a gratuidade, a reverência e a generosidade e a consciência de que formamos com a criação uma “estupenda comunhão universal”.

A proposta do Papa de fazermos uma intensa “conversão ecológica’’ chama-nos a uma profunda mudança de vida, repensando a relação conosco mesmos, com Deus e com a natureza, reconhecendo nossa indiferença diante da criação ferida, diante da nossa condição de criaturas e reconciliar-se com Deus. Assim, ao cuidarmos das nossas relações, cuidaremos da vida de todas as criaturas e da nossa casa comum.

Sim, porque cuidar e proteger a vida é uma necessidade que se nos impõe nestes tempos de tantas crises. E a primeira ação para cuidarmos da vida, será cuidar da criação. Assim, será necessária e urgente uma conversão ecológica pessoal e comunitária, capaz de levar-nos a experimentar uma ecologia integral que consiste no cuidado com o todo da vida e de maneira prioritária, com a vida humana”. Cuidar da criação, é cuidar da vida humana e da vida de todas as criaturas, para que todos tenham vida em abundância.

O Papa insiste e com toda razão que existe novo jeito de se relacionar com a criação, nos indica luzes e anima a viver de forma integrada, seguindo o testemunho de São Francisco de Assis que viveu profundamente o amor universal, onde todas as criaturas são dignas de respeito e zelo. Neste sentido, podemos abrir-nos à aprendizagem das culturas indígenas que, buscando o Bem Viver, nos ensinam que a terra na sua generosidade nos oferece tudo e por isso mantém com ela uma relação de cuidado e reverência.

Neste 1º de setembro, somos provocadas e provocados a parar...rezar e pedir perdão. Somos também convidados a assumir ações concretas no cotidiano para devagar, ir nos tornando ecologicamente convertidos e assumidamente cuidadores e cuidadoras, verdadeiros guardiães da vida na terra.

A Oração pela Terra, feita pelo Papa Francisco nos pede que rezemos:

"Curai a nossa vida, para que protejamos o mundo e não o depredemos, para que semeemos beleza e não poluição nem destruição."

E... a uma só voz, entoemos:

                                      "Nós somos parte da TERRA, a TERRA é parte de nós.

                                       Um é a extensão do outro/nós não vivemos a sós.

                                       E preservar é tão simples, não requer tanta ciência.

                                       Basta respeito e cuidado, e um pouco de consciência."

 

No anexo você encontra um roteiro para um momento orante ecumênico para o tempo da Criação.

Ou acesse neste link

https://drive.google.com/file/d/1gT8UPsKBmx9NTSLRc9frHAr1rPcIF6yZ/view

 

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Irmãs Luana Oliveira de Sousa e Catiana da Silva Menezes

Comentários  

#1 Cleunice 01-09-2020 10:33
Bom dia!
Necessário e urgente a conversão ecológica. Se "tudo está interligado", como não caminhar na direção desta conversão?
Gratidão pelo texto e celebração.
Paz e bem!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

 

Direção
Isabel do Rocio Kuss

Ana Cláudia de Carvalho Rocha

Marlene dos Santos

Rosali Ines Paloschi

Arte: Lenita Gripa

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas
Rua Des. Nelson Nunes Guimarães, 346
 Bairro Atiradores - Joinville / SC – Brasil
Fone: (47) 3422 4865