pg incial 2018

cicaf

*

Você está aqui: HomeNotíciasPáscoa de Dom Tomás Balduíno - O Profeta da Justiça!
Publicado em Notícias
Postado por  Sede Geral - Ana 03 Maio 2014
Páscoa de Dom Tomás Balduíno - O Profeta da Justiça!

Ontem, dia 02 de maio, faleceu no Hospital Neurológico em Goiânia, às 23h30, Dom Tomás Balduíno, bispo emérito da cidade de Goiás e da Ordem dos Dominicanos – O profeta da justiça. Ele estava internando há três semanas tratando de complicações cardíacas e de um câncer, mas faleceu em decorrência de uma trombo embolia pulmonar.

 

Dom Tomás dedicou toda sua vida e ministério à causa dos pobres excluídos. Foi profeta da justiça e da esperança, incansável lutador na defesa da terra, da vida e da paz. Defendeu a reforma agrária com coragem e ousadia. Amou sem fronteiras e abraçou com ternura e misericórdia as pessoas sofredoras, acolhendo-as e animando-as na caminhada e na luta por melhores condições de vida.

 

Dom Tomás, além de fundador da CPT - Comissão Pastoral da Terra, participou da fundação do CIMI – Conselho Indigenista Missionário e sempre amou e defendeu a causa indígena. Seu testemunho na luta por justiça foi marcado pela presença amiga, solidária e profética.

 

Sua partida nos deixa grande saudade e um espaço vazio na fila dos defensores da causa dos pobres. Contudo, nossa fé na ressurreição e o amor vivido por ele preencherão o vazio.

 

Descanse em paz Dom Tomás. Você que sempre lutou para que o pão seja partido e repartido entre todas as pessoas, agora participa do banquete eterno. Temos certeza que a Boa Notícia proclamada ao longo de seus 91 anos de idade continuará viva e fecundará a nossa missão.

 

O corpo de Dom Tomás será velado na Igreja São Judas Tadeu, no Setor Coimbra, até às 10h de domingo (4), momento em que será celebrada a Eucaristia, e logo em seguida será levado para a cidade de Goiás, onde será velado na Catedral até às 9h de segunda-feira (5), e logo em seguida sepultado na própria Catedral.

 

Nossa prece de gratidão a Deus pela vida e testemunho de Dom Tomás.

 

Manifestamos carinhosamente nossa solidariedade com toda a Igreja, a Ordem dos Dominicanos, o CIMI, a CPT, os amigos, amigas e todas as pessoas que compartilham o projeto vivido por Dom Tomás.

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Ana Pereira de Macedo

Comentários  

#2 Lucelene Maria de Vasconcelos 03-05-2014 16:32
Dom Tomás deixou uma herança fecunda pelo seu testemunho de vida e missão. Ele soube viver a metodologia da justiça social pela formação da Consciência e do coração das pessoas. Os meios criados e utilizados para o debate, as iniciativas de confronto com o sistema opressor, a esperança renovada em cada pequena conquista mostraram o quanto a história se faz passo a passo e a vida flui em seus contornos de Luz. Aos seus paroquianos e a toda familia CNBB, todas as alegrias nesta oferta de uma vida que lutou pela justiça do pão em todas as mesas e os direitos respeitados. Vida pela Vida! Vida pelo Reino!
#1 Maria Aparecida Marques Fernandes 03-05-2014 16:06
Fazer memória de Dom Tomás é fazer memória da luta pela vida e resistência dos pobres do Brasil, de uma igreja comprometida com a vida, profecia, dignidade, esperança e inclusão. Agradeço a Deus porque meus olhos viram, meus ouvidos escutaram este profeta -sonhador e o meu coração pode por muitas vezes pulsar no mesmo ritmo dos seus sonhos, caminhar no mesmo compasso...
Sentiremos a falta do seu humor profético, alegria contagiante e amor incondicional aos pobres, trabalhadores da terra e indígenas. Hoje, dia 03 pude compartilhar sua memória com indígenas do Rio Negro e isso para mim é graça e Dom, presente de Deus!
Dom Tomás, continue intercedendo por nós: que sejamos corajosas, profetizas de vida, esperança e que, nunca nos cansemos na luta por vida, paz, justiça e dignidade! Não descanse, porque eu imagino que sua vida nunca foi cansativa...sim plesmente continue fazendo festa no céu e nos ajudando na missão que vivemos.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

 

Direção
Isabel do Rocio Kuss

Ana Cláudia de Carvalho Rocha

Marlene dos Santos

Rosali Ines Paloschi

Arte: Lenita Gripa

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas
Rua Des. Nelson Nunes Guimarães, 346
 Bairro Atiradores - Joinville / SC – Brasil
Fone: (47) 3422 4865